Reforma no antigo CAC transforma espaço em escola de tempo integral

Nova Emeb atenderá 260 alunos da Educação Infantil e Fundamental, ampliando oferta de vagas na região

No início deste ano letivo, os moradores da região do Jardim Nossa Senhora de Fátima contarão com uma nova escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental. A Prefeitura reforma o antigo CAC (Centro de Arte e Cultura) e transforma o espaço em Escola de Tempo Integral, com a proposta de formar as crianças por meio de um currículo de atividades correlacionadas com a grade convencional. Além de participar das disciplinas comuns às demais escolas, na escola de tempo integral o aluno se desenvolve de forma diferenciada, trabalhando suas habilidades e talentos.

“Ajude o Portal Novidade a crescer, dê um click nos banners de publicidade”

A Emeb (Escola Municipal de Educação Básica) Josias da Silva Macedo, como é chamada, começa a funcionar, no dia 31 deste mês, em sua capacidade máxima: 206 alunos. Serão duas salas de aula para Educação Infantil, com capacidade para 28 alunos cada, e cinco salas para Ensino Fundamental, com capacidade para 30 alunos cada. “Vamos trabalhar um currículo único de educação integral, com atividades que complementam a proposta de educação, para que o aluno tenha um processo formativo completo. Por meio de arte, esporte e outras atividades, vamos despertar habilidades e talentos”, afirma o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Fernando Moraes.

Para receber os alunos, a Emeb recebeu pintura nas partes externa e interna, teve a cozinha ampliada e recebeu ventiladores novos. Para a inauguração, restam apenas alguns detalhes, como a instalação de bebedouros e a troca de uma porta de acesso.

Escola de Tempo Integral

Esta é a décima Escola de Tempo Integral de Hortolândia. Outras nove já funcionam desde 2017, quando a Prefeitura lançou o programa no município. A proposta da Escola de Tempo Integral é oferecer aos alunos do Ensino Fundamental da rede municipal desenvolvimento em diferentes dimensões e promover o protagonismo juvenil. Nestas escolas, além do conteúdo de aulas regulares, são realizadas estações de vivência: espaços educativos adequados ao desenvolvimento e aprendizagem dos alunos. Mais de dois mil alunos já são atendidos com atividades que proporcionam desenvolvimento integral físico, intelectual, social, emocional e simbólico. A meta da Prefeitura é que, em 2020, todas as 28 Emefs (Escolas Municipais de Ensino Fundamental) desenvolvam o programa Escola de Tempo Integral. 

Escolas participantes do programa Escola de Tempo Integral

 

  1. Emeb (Escola Municipal de Educação Básica) Jardim Interlagos
  2. Emef Dayla Cristina Souza De Amorim – Jd. Santiago
  3. Emef Profª. Patrícia Maria Capelato Basso – Jd. São Sebastião
  4. Emef Viva Mais – Jd. Santa Clara
  5. Emef Profª. Maria Célia Cabral Amaral – Jd. Amanda
  6. Emef Dona Ana José Bodini Januário – Jd. Amanda
  7. Emef Armelinda Espúrio da Silva – Chácaras Fazenda do Coelho
  8. Emef Jardim Primavera
  9. Emef Profª. Lilian Cristiane M. de Araújo – Jd. Estefânia
  10. Emeb Josias da Silva Macedo – Jd. Nossa Senhora de Fátima

Deixe uma resposta