Plano de saúde empresarial: quem paga?

Se você chegou até este artigo para entender tudo sobre plano de saúde empresarial, saiba que chegou ao artigo certo. Neste artigo em específico, vamos sanar uma das dúvidas mais recorrentes de funcionários que possuem um plano de saúde empresarial. Afinal de contas, quem paga o plano de saúde empresarial é o funcionário ou a empresa?

Continue lendo o artigo para entender!

 


Como funcionam os planos de saúde empresariais?



Os planos de saúde empresariais são aqueles contratados por empresas ou qualquer tipo de pessoas jurídicas (empreendedores,Mei, sindicatos ou associações) para fornecer saúde de qualidade aos funcionários e colaboradores de uma corporação. Atualmente, de acordo com a ANS existem dois tipos de planos de saúde coletivos sendo os empresariais, que prestam assistência à saúde dos colaboradores  da corporação contratante utilizando-se do vínculo empregatício ou plano coletivo estatutário também chamados de planos coletivos por adesão, que são contratados por pessoas jurídicas de caráter profissional, classista ou setorial, como conselhos, sindicatos e associações profissionais.

 

Quem paga o plano de saúde é a empresa ou o funcionário?



Em suma a resposta é depende. Isso porque a empresa não é obrigada por lei a ceder este benefício. Geralmente, a maior parte das empresas inclui o benefício do plano de saúde empresarial para obter uma série de benefícios como abatimento de impostos e muito mais. Apesar disso, o plano de saúde empresarial acaba sendo uma ótima opção também para os funcionários, pois boa parte dos convênios empresariais possuem menos carência e os melhores valores do mercado, pois os planos recebem descontos de acordo com a quantidade de planos vendido.

Geralmente grandes empresas que possuem muitos funcionários possuem os planos de saúde mais baratos do mercado e as melhores ofertas de hospitais também!

Em contrapartida, empresas menores possuem essa opção de planos empresariais, mas geralmente com menos benefícios. O indicado é conversar com o contratante para entender o percentual que é pago pelo funcionário e o que é pago pela empresa. Neste caso, a conversa com toda certeza é a melhor solução.

Em muitos casos o funcionário pode solicitar que a empresa realize o pagamento integral do plano de saúde. Outra opção interessante caso a empresa não queira pagar o plano de saúde é verificar a possibilidade do funcionário arcar com o custo total do plano de saúde. Para isso basta verificar na empresa quem tem interesse em obter um plano de saúde empresarial e alcançar a totalidade de 3 vidas. Com essa quantidade de vidas já é possível contratar um plano de saúde empresarial e obter todas as vantagens do mesmo.



Conclusão:



Conforme vimos acima, o plano de saúde empresarial não é obrigação da empresa, mas como esta modalidade de convênio médico traz diversas vantagens tanto para empresa quanto para o funcionário, a melhor solução é conversar sobre o que é melhor para ambas as partes. Com toda certeza um bom alinhamento trará benefícios para os dois lados.

Para saber sobre os melhores planos de saúde para você e para empresa que trabalha, não deixe de entrar em contato com uma corretora de planos de saúde especializada. Com isso, você conseguirá todas as informações sobre os melhores planos de saúde do mercado e poderá simular os valores e obter o plano ideal pelo melhor preço.

Esperamos que nosso artigo tenha te ajudado. Caso tenha dúvidas, não deixe de comentar logo abaixo.

Deixe uma resposta