Auditório Municipal é inaugurado com capacidade para 478 pessoas

A inauguração do Auditório Municipal de Valinhos, no prédio do antigo Cine Saturno, no último dia 15, sábado, marcou a reconquista de um tradicional espaço cultural do município. O local, que conta com 478 lugares, sendo cinco para cadeirantes, cumpre mais um item da “virada cultural” promovida pelo governo do prefeito Marcos José da Silva (PMDB).

Entre as ações realizadas pela administração municipal destacam-se: a inauguração do Centro Cultural, “Vicente Musselli”, o CACC (Centro de Artes, Cultura e Comércio) “Adoniran Barbosa” e por último o Auditório Municipal.

A cerimônia de inauguração incluiu na programação apresentação do conjunto de cordas da Orquestra de Câmara “Adoniran Barbosa” e uma mostra curta de teatro, reunindo alunos dos cursos de iniciação teatral do Centro Cultural “Vicente Musselli”, que têm como professores Luciano Correa e Patrícia Fonseca. Foram apresentados quatro espetáculos: “O Palhaço e a Bailarina”, “A Palhaça da Alegria”, “Peter Pan” e “Amor, Sexo e Esclerose”.

Estiveram presentes à solenidade, o prefeito Marcos, o vice-prefeito, engº Moysés e a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, dra. Adriana Di Nardo Silva, o vereador eleito Sérgio Juju (PDT), a deputada estadual Célia Leão (PSDB), o ex-prefeito e proprietário do prédio do antigo Cine Saturno, José Spadaccia, o Bepe, acompanhado da neta Paula Spadaccia, além de seus familiares que estavam na platéia.

O prefeito Marcos explicou que a locação do prédio foi possível com a mudança do Centro Cultural, na Rua Francisco Glicério para o antigo INAMPS. “Deixamos de pagar aluguel para o funcionamento do Centro Cultural e pudemos investir no Auditório, o que me deixa muito feliz. Afinal, Valinhos volta a se destacar na região, tendo novamente um espaço cultural a altura para a realização da vasta programação que temos em nosso município”, afirmou o prefeito. Entre o período de 1986 a 1996 o antigo Cine Saturno também foi utilizado pela Prefeitura pela primeira vez como teatro.

Marcos fez questão ainda de agradecer a família Spadaccia pela atenção dispensada para que a administração municipal pudesse voltar a utilizar o espaço do saudoso Cine Saturno. “Me lembro dos filmes que assisti aqui na minha infância e juventude e também das apresentações de nível nacional e com artistas renomados, como Fernanda Montenegro, Paulo Autran, Derci Gonçalves, Pedro Bismarck, Denise Fraga e Sérgio Rabelo”, recordou.

Reformas
Segundo informações do secretário de Cultura e Turismo, Danilo Sorroce, que na inauguração do Auditório foi representado pelo diretor cultural, Denílson Dias Soares, para possibilitar a reutilização do antigo prédio do Cine Saturno a Secretaria de Obras Públicas refez o palco de 16 metros de comprimento por 9 metros de profundidade e também executou reformas e adequações nas instalações elétricas e nos camarins. Ele acrescentou que outras melhorias deverão ser realizadas no decorrer do próximo ano.

Deixe uma resposta