Prefeitura de Nova Odessa reformará todas as escolas até 2016

A Prefeitura de Nova Odessa, por meio da Secretaria de Educação, definiu o projeto de adequação das 20 unidades de ensino da rede municipal. De acordo com o prefeito Benjamim Vieira de Souza, o Bill, todas as unidades serão atendidas com obras e reparos, custeados com recursos do próprio Município.

O plano de reestruturação, que deverá ser executado até 2016, dividiu as unidades de acordo com a necessidade de intervenções: pequenos reparos; grandes reformas e ampliações; e construção.

O objetivo é adequar todas as unidades para atendimento da demanda e do novo projeto pedagógico desenvolvido pela equipe da secretaria. “Esse planejamento foi feito com obras a curto e médio prazo, realizadas de forma sistemática, de acordo com a necessidade de cada prédio”, explicou Bill.

Entre as escolas de ensino infantil, a primeira intervenção deverá ser realizada na Cmei (Centro Municipal de Educação Infantil) Walter Merenda. A secretária de Educação, Claudicir Brazilino Picolo, informou que o prédio tem 33 anos e nunca passou por reforma. Ainda este ano, a escola será reestruturada e ampliada, com a instalação de um berçário.

Ontem, o prefeito, a secretária de Educação e a diretora de Ensino Infantil, Fabiana Vaughan, visitaram a escola acompanhados do diretor da unidade, o vereador Antonio Alves Teixeira.

“É preciso trocar a fiação, as portas estão quebradas e o piso danificado. É nas escolas que muitas de nossas crianças passam todo o seu dia. Vamos melhorar o ambiente e assim poderemos oferecer um atendimento melhor aos filhos dos nossos trabalhadores e também aos professores e demais servidores que trabalham nessas escolas”, afirmou o prefeito.

Na Cmei Walter Merenda devem ser construídos novos espaços para cozinha, refeitório, brinquedoteca e sala de leitura. O piso será trocado, assim como o telhado e as instalações elétricas e hidráulicas.

Também para aumento das vagas do ensino infantil, foi assinado mês passado o convênio com o Estado para instalação de uma creche escola no município, com investimento de R$ 1,2 milhão e capacidade de atendimento de 150 crianças de zero a cinco anos. A prefeitura fará a doação do terreno e o Estado fica responsável pela construção e aparelhamento da unidade.

A área escolhida fica nas proximidades dos bairros Nossa Senhora de Fátima e Santa Luiza.

FUNDAMENTAL – Entre as unidades do ensino fundamental, a Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Professora Haldrey Michelle Bueno terá um prédio novo. “O atual não oferece nem mesmo condições de ampliação. Decidimos construir um novo espaço”, afirmou a secretária de Educação. A área escolhida fica ao lado da atual escola e a nova unidade terá o dobro da capacidade de atendimento.

Atualmente a unidade conta com cinco salas de aula, onde atende 210 alunos. A nova escola terá pelo menos dez salas, com espaço adequado tanto para a área administrativa quanto para o desenvolvimento das atividades pedagógicas.

Os dois projetos estão em fase de elaboração do projeto básico, por isso ainda não é possível prever os valores das obras.

Deixe uma resposta