Alça de acesso da SP-101 à Av. Emancipação começa a ser construída em até 15 dias, garante concessionária

A construção da alça de acesso da Rodovia SP-101 à Avenida da Emancipação começará nos próximos 15 dias. A informação foi confirmada ao prefeito de Hortolândia Antônio Meira pelo assessor de assuntos regulatórios da concessionária Rodovias do Tietê, Fábio Souza, nesta sexta-feira (26). A obra está orçada em R$ 2 milhões. Diante da agilidade da Prefeitura de Hortolândia em resolver questões relacionadas às desapropriações necessárias, foi possível adiantar o início dos trabalhos em um mês. Com isso, o prazo de entrega também deve ser adiantado.

O serviço, de responsabilidade da concessionária Rodovias do Tietê, sob a fiscalização da Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo), foi autorizado pela Secretaria de Logística e Transportes do Governo do Estado de São Paulo no início deste mês. A informação era de que as obras começariam em junho. Apesar de o prazo contratual prever a entrega da alça de acesso até abril de 2014, Souza destacou que a obra deve ficar pronta ainda neste ano. Como o serviço é considerado de baixa complexidade, caso as condições climáticas sejam favoráveis, é possível finalizar a alça de acesso em 90 dias.

O prefeito e o secretário de Obras, Ronaldo Alves dos Reis, acompanharam a última checagem da Rodovias do Tietê no local onde a obra será realizada. “Já realizamos todas as desapropriações e a área está apta para receber esta obra. O início dos serviços nas próximas semanas será um marco para a cidade, um presente de aniversário”, mencionou Meira, em referência ao 22º aniversário de Hortolândia, comemorado em 19 de maio.

O assessor da Rodovias do Tietê afirmou que tudo está pronto para o início das obras. “Verificamos a topografia do local onde ficará a alça e a interferência que o serviço terá na região. Mas está tudo de acordo. No máximo até o dia 10 de maio iniciaremos a construção da alça de acesso”, ressaltou Souza.

A alça de ligação sairá do km 8,5 da SP-101, antes do viaduto utilizado atualmente. A nova via cairá diretamente na Avenida da Emancipação, ao lado do primeiro ponto de ônibus, em frente à empresa EMS. Com isso, os veículos que vão de Hortolândia sentido Campinas não precisarão mais parar no trevo do viaduto, o que vai acabar com os congestionamentos em horário de pico. Conforme dados da Secretaria de Planejamento Urbano, nos períodos de maior movimento, passam pelo trecho cerca de quatro mil veículos.

De acordo com o secretário de obras, durante a execução da implantação da alça de acesso não haverá impactos no trânsito local. “É uma obra que vai acontecer fora do local onde temos tráfego de veículos, uma vez que a nova via será aberta ao lado do viaduto”, garantiu Ronaldo. A construção da alça de acesso complementará a obra de duplicação da Avenida da Emancipação, concluída pela Prefeitura de Hortolândia em 2012. “Em conjunto com a construção da alça, implementamos melhorias ao longo da Avenida da Emancipação, como recapeamento, pintura de solo, instalação de novas baias de ônibus e, em breve, paisagismo. A cidade terá uma via de entrada com tráfego organizado e visualmente mais bonita”, completou Reis.

Deixe uma resposta